terça-feira, 9 de outubro de 2012

Qual é o meu espaço?


Pelo título, alguém pode pode pensar que falo sobre o espaço que uma pessoa pode ocupar na sociedade, numa instituição ou mesmo numa relação afetiva.

É quase isto, na verdade eu falo de espaço em um pendrive, celular ou computador. Tenho me deparado com pessoas que no dia a dia usam o computador, pendrive ou celular mas não tem uma noção exata de espaço quando se fala de armazenamento ou de (salvar) arquivos. Não sabem quantas fotos elas podem armazenar no celular, por exemplo.

Uma fotografia "pesada", ou seja, de muitos megabytes deixa lento um computador com pouca memória RAM e deixa uma conexão de internet de "arrasto". Não raro, vi pessoas tentando "subir" fotos imensas (mais de 3,5 megabytes) para a internet com uma conexão ruim. Ou mesmo, tentando fazer um show de slides deixando o arquivo com um tamanho mastodôntico.

Ao fazermos uso do computador ou de algum dispositivo de armazenamento de dados devemos ter noção de espaço de armazenamento de arquivos. Para isto é necessário se familiarizar com alguns termos de medidas no que se refere a espaço virtual. Sinteticamente vamos relacionar estas medidas abaixo:

Primeiro vamos entender que a estrutura da informação digital é armazenada em bits e que o bit é a menor unidade de informação que pode ser armazenada ou transmitida (ligado,desligado – binário) – representação =b (minúscula)


1 byte = 8 bits. Isto dá a possibilidade de representar 256 números binários.

Vejamos o que o manual do foca linux no diz "A unidade de medida padrão nos computadores é o `bit'. A um conjunto
     de 8 bits nós chamamos de `byte'.  Cada arquivo/diretório possui um
     tamanho, que indica o espaço que ele ocupa no disco e isto é medido em
     `bytes'.  O byte representa uma letra.  Assim, se você criar um
     arquivo vazio e escrever o nome `Linux' e salvar o arquivo, este terá
     o tamanho de 5 bytes.  Espaços em branco e novas linhas também ocupam
     bytes.

     Além do byte existem as medidas Kbytes, Mbytes, Gbytes.  Os prefixos K
     (quilo), M (mega), G (giga), T (tera) etc.  vêem da matemática.  O "K"
     significa multiplicar por 10^3, o "M" por 10^6, e assim por diante.
     Esta letras servem para facilitar a leitura em arquivos de grande
     tamanho.  Um arquivo de 1K é a mesma coisa de um arquivo de 1024
     bytes.  Uma forma que pode inicialmente lhe ajudar a lembrar: K vem de
     Kilo que é igual a 1000 - 1Kilo é igual a 1000 gramas certo?.

     Da mesma forma 1Mb (ou 1M) é igual a um arquivo de 1024K ou 1.048.576
     bytes

     1Gb (ou 1G) é igual a um arquivo de 1024Mb ou 1048576Kb ou
     1.073.741.824 bytes (1 Gb é igual a 1.073.741.824 bytes, são muitos
     números!).  Deu pra notar que é mais fácil escrever e entender como
     1Gb do que 1.073.741.824 bytes :-)

     A lista completa em ordem progressiva das unidades de medida é a
     seguinte:

          Símbolo 10^ 2^ Nome
          
          K  3 10 Quilo
          M  6 20 Mega
          G  9 30 Giga
          T 12 40 Tera
          P 15 50 Peta
          E 18 60 Eta
          Z 21 70 Zetta
          Y 24 80 Yotta "
(http://www.guiafoca.org/?page_id=51, item download para iniciantes)

No passado, usávamos disquetes, cheguei a usar dois tipos

5¼  720 KB

3½ 1.44 MB (o dobro de espaço em relação ao 5¼)



Hoje em dia, os pendrives menores são de 2 Gigabytes, ou seja, quase 2 mil vezes maiores em espaço para dados que o disquete 3½ comportava.

Imagine, uma música (normalmente) em formato mp3 tem em média o tamanho de 1 Megabyte (MB) por minuto, a música tem 5 minutos? Então: 5X 1 = 5 Megabytes.

Gostaria de saber quantas fotos cabem no seu celular? É só observar o tamanho de uma foto no computador e fazer uma continha de cabeça. Digamos que a foto tenha 750 kbytes, Então é só comparar o tamanho de seu dispositivo se ele for de memória de 40 megabytes, é só dividir 40 por 0,75 no que daria 53 fotos.

Um texto de aproximadamente 65 linhas (uma página) tem em média 7KB, se fosse uma fotografia de boa qualidade preenchendo este mesmo espaço, possivelmente teria uns 4MB. Com isto, já se pode perceber que figuras e fotografias utilizam um espaço imensamente maior que textos.




A melhor maneira de ter uma noção do espaço de armazenamento é conectar seu dispositivo ao computador, depois vá ao gerenciador de arquivos (a ilustração é no Windows 7), clique no ícone do computador, conforme a figura , e note que todos os dispositivos estarão listados no lado direito, com os referidos espaços representados (em MB ou GB no exemplo).




Em outros sistemas operacionais, você pode também clicar com o botão do mouse direito sobre o ícone que representa o dispositivo de armazenamento e escolher: "propriedades" e aparecerão a quantidade ocupada e a quantidade livre do seu dispositivo de armazenamento conforme a figura abaixo:

É isto, caso se interesse em ler mais sobre o assunto, clique nestes links que eu consultei para escrever o artigo. http://www.revista.espiritolivre.org/ http://www.infowester.com/bit.php , http://pt.wikipedia.org/wiki/Disquetes , http://pt.wikipedia.org/wiki/Bit .





João Alberto Garcia

Nenhum comentário:

Postar um comentário